Imposições sobre a Santa Inquisição e outras atrocidades – queimando arquivos

É curioso como as mensagens vêm na nossa cabeça do nada, basta querer ver, mesmo que você não tenha lido nada sobre isso, derrepente você pensa sobre um assunto pra poder formar o quebra-cabeça. Então vem pra mim uma resposta sobre o genocídio da inquisição e o que realmente foi isso, se não a queima de arquivos. Seria umas das queimas de arquivos que tanto existiram na historia da Terra. Aí começam aparecer texto do nada e alguns com intenção diante de ti com respostas contundentes como uma confirmação.

Como pra tudo nessa matrix se tem um propósito, para convencer as pessoas primeiro se tem que ter um culpado, nas guerras agem exatamente assim, um contra ataque. Então assim se começa o show cheio de propósitos maquiavélicos, abomináveis. Era fácil como é até hoje (diferente porque temos os meios de comunicação com propagandas enganosas e os jornais, etc quando se está adormecido é facilmente enganável, e farão de tudo pra que continuemos assim). Então ligaremos os fatos, no mundo vem sendo queimados arquivos desde muito tempo, simplesmente para queimar arquivos, historias verdadeiras, ancestros, costumes… e hoje esses planos maléficos continuam, mas com outra base porque já fomos doutrinados com os propósitos do esquecimento.

Uma dessas foi A Santa Inquisição e dos “homens católicos ” que cometeram em nome de Deus, um genocídio sem igual, onde o tema era dizer que o paganismo que se praticava algumas pessoas era bruxaria e que era coisa do demônio, então assim já se podia empreende a caça a essas pessoas com apoio e torcida com certeza de muitos(os enganáveis). Com essa pratica foram milhões de pessoas assassinadas e torturadas, somente na Catalunha(Espanha) foram mais de 400 execuçoes (processos documentados nos séculos XV e XVI, entre os países mais afetados da Europa estao Alemanha, França, Inglaterra, Espanha, Polonia e italia entre outros. Uma perseguição sem igual. Uma invasão. http://bruixes.mhcat.net/index.php/ca/la-cacera-de-bruixes. Uma perseguiçao sem igual. Uma invasão.
 

A Inquisição era uma realidade presente durante séculos na sociedade católica. Instrumento de poder político e religioso passando por cima de tudo que se desviava da doutrina oficial muito mais para aqueles que representaram um perigo para o poder estabelecido…Ninguém estava a salvo do seu longo braço executor, nem nas cidades maiores nem as mais pequenas aldeias; os documentos são prova disso. Seus métodos: suborno e a tortura, conseguiam arrancar as confissões mais extravagantes e pôr vizinhos contra vizinhos, pais contra filhos e esposas contra maridos, apesar de serem bem conhecidas as consequências da denúncia: vergonha, desapropriação de propriedade, chicotadas, exílio, galés, prisão perpétua e morte na fogueira.(Fermin Mayorga, Investigador da Inquisição) 
Toda Europa foram entre 60.000 execuções, e no total 110.000 pessoas processadas, que de certa forma se livraram somente  da fogueira, segundo uma estudiosa do assunto Marta Ruescas(espanhola e filóloga alemã) em algumas cidades chegaram a matar mais de 40% da população, tais pessoas eram repeitadas nas comunidades que viviam. Eram homens e mulheres que dominavam a arte popular da cura, herboristas, curandeiros, uma sabedoria do paganismo ancestral e que tomava força na época. Mas na maioria foram mulheres que morreram na fogueira, as formas de torturas eram tão horríveis que fazia qualquer um confessar que era bruxo ou confessar qualquer coisa.

Na Itália em 1486 existia um manual que se chama Malleus Maleficarum (Martelo das bruxas) relacionando esse paganismo com bruxaria e com o diabo, foi uma especie de manual para confissão com base em tortura, quem não diria sim diante de tanta dor e quem presumiria o poder.

E tinham essas pessoas que se rebelavam contra isso, e foram expostas, amarradas e arrastadas em cavalos até morrerem, sem dizer dos filhos dessas mulheres…
 
Segundo essa estudiosa os que realmente praticavam a magia negra eram a grande minoria. 
Na Europa não se encontra índios como xamãs americanos, então na Europa pode se dizer que esses xamãs eram essas pessoas que detinha tal conhecimento, uma espécie de médico e curandeiro e conhecedor de um conhecimento que se remonta ao paleolítico. Foram queimados e na maioria roubados tantos livros onde continham conhecimentos que não existem mais ou existem na biblioteca do vaticano, onde mortais comuns não tem acesso.

Isso não nos ensinam na escola não é mesmo? Qual era o propósito de acabar com comunidades que tinham um certo conhecimento e manejavam forças do universo? Essas pessoas tinham um profundo conhecimento do meio dos elementos, de plantas, muitos com conhecimentos da origem do homem e da Terra. Isto me lembra também os genocídios dos índios, já que eles tinham esse conhecimento e ainda poucas tribos que não foram afetadas ainda têm; porque será que os serviçais dos reis e da igreja católica, tanto fizeram pra acabar com a cultura e as vidas de tantos índios, além do ouro e das riquezas dessas terras, acho que se fosse somente isso seria negociado de outra maneira. Mas a invasão e a posse era como o começo do doutrinamento.
Se um Pagé de uma tribo negasse a esse Deus eram queimados. Não adianta fechar os olhos pra isso, que foi maquinado, por homens que se infiltraram na igreja católica que tinham a intenção mesmo de torna essa religião, a mais seguida por todo o mundo, não como intençao de fé, com intenção da destruição não somente do conhecimento, mas da essência humana. Não estou falando do padre católico do seu bairro porque tem gente com boas intençoes e com ideais e sim dos peixes grandes que estão até hoje presentes nos grandes cargos.

En Cuba ano 1519, O grande cacique Hatuey foi queimado vivo quando recuso converter-se no catolicismo. Amarraram-lhe a uma estaca. Acerca-se um padre católico romano, falando-lhe do “céu”. Hatuey lhe pergunta. “Se vou ao céu, lhes encontrarei aí? O padre disse que sim. Entao ele diz: Prefiro sofrer no inferno do que ir não céu onde estaria na companhia de vocês cristianos que são tão cruéis e brutais”
Tá certo que a humanidade no seu finito(tem uma hora que acorda) letargia desconhecida foi o que aceitou essa destruição ano após ano proposital, seja da inquisiçao, cruzadas, guerras, capitalismo…para chegarmos a este estado de desconhecimento total sobre a vida e a verdade. Numa total ignorância de quem somos nós. E também por isso não sabemos nada do que vai acontecer, as profecias estão aí, mas não existe sequer algo mais contundente pra fortalecer isso. Estamos indo e vindo em perguntas e respostas, onde iremos. Tem gente que até hoje não acredita que existe vida fora da terra. Rindo e zombando de gente que ousa e fala sobre isso ou outras coisas relacionadas ao universo a vida, plantas, retratando-a como uma zen ou uma doida.
Já se derramou muito sangue nesse planeta. Se temos que escolher entre o Bem e o Mal e merecer passar por tudo isso através da historia e aprender exatamente dos nossos antepassados já doutrinados como exatamente querem que aprendamos, como o fato de que até hoje se adora comer carne nos deixando com as vibraçoes baixas e beber o corpo e sangue de Cristo, foi ele que nos ensinou isso?
Questionar é bom.
Joana d’arc no filme foi posta como uma adoradora de Jesus, mas será que estavam retratando exatamente isso no filme, temos que perceber as facetas desse mundo enganoso e sentir que a verdade não é essa e nunca será. Temos que saber pra quem estamos dedicando nossas orações, já que aqui na Terra tem seres que “chupam” essa energia que dedicamos ao Deus e pode estar sendo transmitida sem querer para outro Deus, o que se diz dono desse mundo e manipula nossas vidas. Essa energia fortalece esses seres, temos que focalizar ao Criador desse Cosmos e na verdadeira divindade e propositos de Jesus, como Francisco de Assis, assim deveriam ser todos os que se dedicam a pregar amor.
Fomos desfocados da verdadeira essência da raça humana, desintegrados da natureza e da verdade da vida, porque quando estamos num meio natural ou povoado pequeno somos cooperativos, nos tornamos mais agradáveis uns com os outros, fomos sabotados dos nossos costumes verdadeiros. As grandes cidades estão formadas exatamente para isso. Para as multidões serem confinadas.
Mas como acredito que a morte não é o fim, e como otimista, pode morrer o corpo, mas a alma sendo eterna deixa o conhecimento intacto, e através de viagens no tempo, ou melhor dizendo, viagens astrais, muitas pessoas hoje requer esse conhecimento perdido e que pode ter atrasado nossa evolução, mas não parado de tudo. E continuar assim sempre perguntando. Basta perguntar, terá a resposta, a essência divina está para quem quiser buscar.
Numa dessas procuras sobre esse assunto encontrei um livro bastante interessante a ‘Grande Sabotagem Reptiliana’, do brasileiro Fabio del Santoro, falando justamente da Inquisição e assuntos que já foram explorados por David Icke e Alex Collier: 
Uranianos dizem a verdade quanto a Igreja Católica “Quando os homens perceberam a grande farsa que os homens viviam na antiguidade, existiu um momento de rebelião. A Era Religiosa da Terra não perdoava quem quer que fosse. Quem questionava os valores estabelecidos, ia para a cadeia, ou para a fogueira. Muitos questionaram. E muitos foram para a jaula dos leões, ou assaram em fornos diabólicos. Os reptilianos nesta ocasião, haviam se infiltrado na Igreja Católica de tal forma, que mesmo os bons estavam à mercê de suas ordens. Derramaram sangue, muito sangue humano nas masmorras onde se alimentavam. Derrubaram sangue nas vestes brancas que representavam a pureza de Jesus. Jogaram sangue na cruz e desrespeitaram mulheres e crianças. Isso naquela época ficava muito escondido, porque o lado negro do ser humano está nas classes reptilianas. Muitos morreram por saber da verdadeira origem da Terra. Por ter documentos escritos que passaram de mãos em mãos, revelando a verdadeira origem de Jesus, que é extraterrestre. Outros sabiam que estavam ali vigiando os répteis, para que não avançassem sobre suas mulheres e crianças. Em quantos filmes da tv e do cinema você viu a reprodução destas cenas? Homens avançando sobre mulheres e crianças alheias? Muitas vezes, sem dúvida nenhuma. Vocês me pedirão provas e eu lhes direi que elas estão aí, basta procurar. Vou dar algumas pistas. Na Basiléia, existe uma igreja onde os padres construíram uma pirâmide onde existe lá dentro desta pirâmide, uma estátua reptiliana de tamanho natural. Provavelmente com dois metros de altura, de uma divindade réptil que viveu ali por milhares de anos, atuando em corpos diferentes e fazendo a diferença entre homens bons e homens reptilianos. Esta estátua é grande e está no subsolo desta catedral”
 
Alguém que busca respostas e nos passa (en espanhol) 2ªparte
    

Emilio Carrillo, ponencia en Barcelona 30.06.2012 – (2ª parte – 2/2) from La Caja de Pandora on Vimeo.
Anúncios

Uma resposta em “Imposições sobre a Santa Inquisição e outras atrocidades – queimando arquivos

  1. Glória ao Deus Pai, Filho e Espirito Santo. Criador dos Céus, da Terra e tudo que neles existem. O que podemos abstrair pelos meios científicos e filosóficos é apenas uma pequena fração da realidade. O que se pode observar que é que a humanidade, na sua maioria, se prevalece da sensualidade (os sentidos físicos), para entrar em contato com a realidade. Nossa visão física está limitada a um espectro muito estreito de frequências (cores), O infra-vermelho e o que está em frequências mais baixas, o ultra violeta e o que está em frequências mais altas são invisíveis aos nossos olhos. Sem falar nas outras limitações da visão. Vemos em perspectiva. A imagem que chega à nossa retina precisa de informação prévia para ser interpretada pelo “cérebro”. Ex. Quando vemos um par de trilhos, numa estrada de ferro retilínea, conforme a distância, os trilhos se encontram. É necessário uma interpretação baseada em conhecimento de que que os trilhos são paralelos. Um cego de nascença, se começasse a ver, com seus olhos físicos, continuaria sem visão porque, na sua mente não tem o “banco de dados” sobre as mais variadas “visões”.
    Assim também é os outros quatro sentidos: O olfato, a audição, o paladar e o tato! Todos são muitíssimo limitados. Então existem muitas cores, muitos odores, muitos sons, muitos sabores e muitos toques que não podemos sentir ou observar, isso de coisas que estão aqui bem perto, no ambiente terreno. Bem como objetos, que não podemos ver, ouvir, cheirar, saborear, sentir…
    Quanta fé o ser humano que não acredita no Deus, único e verdadeiro, Onipotente, Onipresente, Oniciênte, Oniouvinte, Oni-etc…, precisa para interpretar o mundo a sua volta. Pergunto: Fé em que? Fé em quais deuses? Quando Charles Darvin propôs a teoria da evolução das espécies, os mais “fortes” e mais “poderosos”, os mais ricos, os mais mais, etc., colocaram sua fé nessa famigerada e absurda teoria teoria, haja visto Adolf Hitler e outros que permanecem até os dias atuais. E tomaram eles a dianteira no extermínio daqueles que consideram inferiores a eles!
    A proposta de Deus, para o ser humano, é diametralmente oposta: O mais forte, o mais rico, o mais apto e assim por diante, cuida cooperativamente, do mais fraco para que este tenha saúde, e vida digna!
    Deus inspirou, através do seu Espirito Santo, os escritores dos livros da Bíblia, para que a humanidade saísse da ignorância e tomasse o caminho correto em direção à salvação para a vida eterna.
    Nas tábuas de pedra, escreveu, com seu próprio dedo, as cláusulas pétreas, que evidenciam o Seu caráter divino.
    A Primeira Cláusula: Não terás outros deuses diante de mim.
    A Segunda Cláusula: Não farás para ti imagens de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo ta terra.
    Não as adorarás, nem lhes dará culto, porque eu sou o SENHOR, teu Deus, Deus zeloso que visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta gerações (tataranetos), daqueles que me aborrecem e faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos.
    Quanto às “energias” e outras manifestações, todas elas, pertencem à criação de Deus, logo são Suas Criaturas.
    Uma fábula:
    Cera vez, um cientista muito capaz, contendia com Deus dizendo: Eu, aqui no meu laboratório posso criar um homem igual ou melhor que o SENHOR. Deus disse: Quero ver. Então o cientista começou a separar uns pós do seu almoxarifado e quando ia dar início à sua empreitada Deus interveio e Disse: Assim não! Faça os seus próprios pós.
    A base de toda fé no Deus Único e Verdadeiro está na Criação. A fé é a ferramenta que permite ao ser humano vislumbrar um pouco sobre sobre a origem de todas as coisas e seres. Está escrito: A fé é a certeza das coisas que se espera e a certeza daquilo que não se pode ver. Também está escrito: A fé [em Deus], vem pelo ouvir e o ouvir da palavra de Deus.
    Quanto a alma do homem, ela é, depois do pecado (transgressão das Leis de Deus), tornou-se mortal. O ser humano não tem uma alma, ele é alma vivente. Na sua morte, seu corpo físico retorna ao “pó” e o sopro de vida (espírito), retorna ao Doador da Vida, a saber Deus Criador, o único Deus verdadeiro. O homem quando desce a sepultura não tem mais consciência de coisa alguma, não tem mais ódio nem amor, não tem mais parte alguma com o plano dos vivos.
    Diferentemente do que se pensa, os espíritos que se manifestam nos corpos daqueles que se permitem ser o meio de sua manifestação, a saber: os médiuns, são espíritos de Demônios, anjos caídos, que enganosamente se passam por pessoas já falecidas, revelando segredos daqueles que obsedavam quando em vida.
    O ser humano, obra prima da criação, quando por ocasião da segunda vinda de Jesus Cristo, serão ressurretos, aqueles que tem o testemunho de Jesus Cristo, com seu corpo transformados e adequados para uma existência celeste. Os demais, os ímpios, depois do milênio, serão ressurretos com o mesmo corpo com que morreram, suas doenças e tudo que sua existência impia causou a sua perfeição original, para a execução do Juízo de Deus. E Serão lançados no lago de fogo e enxofre para a segunda morte, juntamente com Satanás e seus anjos caídos, a saber: A morte eterna.
    Quanto à evolução proposta pelos “evolucionistas”, basta uma inteligência mediana, para perceber que o planeta e seus habitantes estão em franco processo de destruição.
    Os ambientes terrenos estão sendo constantemente degradados, a estatura dos seres viventes na natureza está diminuindo, as enfermidades estão tomando conta dos homens, dos animais e da vegetação. O solo está cada vez mais estéril, e assim vai…
    Se continua nesse rumo, nosso planeta será, em breve, um ambiente 100 por cento árido, uma massa morta, como a Lua, Marte, Júpiter, Saturno, etc…
    Bem! Aqui teríamos assunto para muitas páginas e não é o objetivo desse breve relato.
    Doravante me coloco à disposição para dialogar sobre esses e outros assuntos, caso algum leitor quiser me questionar.
    Deus abençoe ricamente a todos,
    Seu amigo cristão adventista do sétimo dia,
    Walter Laferl

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s